terça-feira, 26 de novembro de 2013

Capítulo 20 - O Rei Usurpador



É manhã, os pássaros cantam na Floresta de Cedros, Floresta que recebe o nome da província mais pobre no Reino do Leão, um Reino, dentro dos 5 Reinos comandados pelo Rei Ancião. O Reino do Leão desde que se têm notícias vive em constantes guerras civis, revoltosos formaram frentes rebeldes contra o Rei formaram resistências na esperança de derrubá-lo do seu poder, mas ele parece uma montanha, impossível de ser mover do lugar onde está. Gordon, o Rei Leão, parece um fera, apesar de sábio, ele vive indiferente a todos em sua província, e gasta todos os impostos na preparação do seu exército, seu maior orgulho, o exército do Leão é o maior e mais preparado dos 5 Reinos, sendo o exército que responde também em nome do Rei Ancião em batalhas com outras nações.
O Jovem Minus, agora com 12 ciclos de vida - o que quase se assemelha a 12 anos, já que um ciclo possui apenas 360 dias normais – treina arco e flecha a tutela de seu estima Argonis.
- Não Minus, não olhe o alvo, olhe a reta que a flecha faz, desde o início de seu cabo, até chegar ao alvo, veja essa reta... É quase. Podemos melhorar.
- Sabe Argonis, eu queria que você fosse meu pai.
- Primeiro: Você tem que parar com essa mania de, tudo que for dizer antes dizer “Sabe...” Manias podem acabar entregando você. Segundo: Seu Pai é um viajante, você o vê sempre que ele pode, mesmo que eu faça todo o possível, nunca poderia substituir seu pai, um laço sanguíneo é algo sagrado.
- Olá bezerrinho desmamado.
- Tio Dominus! – um abraço de criança, forte e caloroso, e uma pergunta sem resposta - Sabe do meu pai?
            Dominus era criador de animais, mas sua sabedoria era incrivelmente apurada, seus estudos sobre a vida, a humanidade, filosofia e outros e fizeram famoso. Muitos sábios o procuravam para uma consulta para suas dúvidas, maior que sua sabedoria, sem dúvidas era sua humildade e amor pelas coisas pequenas, principalmente pela natureza, como já que nato de um homem do campo, mas mais nato era seu dom. Um gênio, sem dúvidas.
- Não, Sei de Athus, passei por ele no Mercado de Makao, mas não sei nada do meu irmão gêmeo, Augustus... Pra mim é um interrogação. Olha o que eu trouxe.
- Sementes de bordo!
- Sim, olhe como elas voam. – As sementes foram jogadas aos céus, e as várias sementes foram caindo como hélices, girando, o que parecia algo incrivelmente fantástico aos olhos de um menino. – Sabe Minus, um dia você vai crescer, vai deixar de ser um bezerro desmamado e vai se tornar um Touro, e essa vontade que você tem vai evoluir, e se tornar algo maior que a coragem, eu quero que você seja grande, maior do que qualquer homem já foi. Por isso estude, cresça, não apenas fisicamente, o que é inevitável, mas cresça psicologicamente e emocionalmente. Tenha foco, tenha metas e lute por elas, com amor, e lutar com amor é lutar querendo o bem dos outros, isso faz homem de verdade.
- Sim, tio Dominus. – Minus ficou brincando com as sementes de bordo e Dominus chamou Argonis para ter com ele sem que Minus ouça.
- Argonis, você sabe que o Rei Ancião morreu, não é?
- Ouvi boatos.
- Deve imaginar que eu sou um dos candidatos a novo Rei Ancião.
- Se for, tenho certeza de que será um bom rei.
- Não é isso que temo.
- E o que é?
- Nada, deve ser só um mal pressentimento.
...
Castelo Celestial, Lar do Rei Ancião, depois 12 Sois de estudo pelo Conselho Ancião - ordem que é responsável pela escolha do Rei Ancião, bem como nas tomadas das principais decisões referente aso Cinco Reinos – Finalmente foi escolhido o novo Rei Ancião. Minus e Argonis estavam um pouco distantes, mas o suficiente para saber que Augustus estava lá, mas não Dominus.
- O Ancestral e Infalível Conselho Ancião declara como novo Rei Ancião o nome de Dominus Himperiter.
            Para a surpresa de Minus e Argonis, quem se levantou ao som das palmas e clamores foi Augustus, caminhou até o altar, sentou-se no trono e recebeu a mitra de Rei. Um Rei Usurpador.

Mitra

1 comentários:

Mello disse...

(...) intrigante...ta valendo a pena cada capitulo!

Postar um comentário