sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Capítulo 3


            Entrando na sala do trono do Rei Gordon, vemos-lhe sentando em seu trono feito do ouro mais puro e bronze. Um trono grande com quase três metros de altura, com a cabeça de um leão grande a rugir sobre sua cabeça estava o Homem, deve ter uns dois metros de altura em pé, parece forte, mesmo com sua idade avançada ele não parece sofrer de nenhum mal da velhice, pelo contrário, com ombros largos e músculos escondidos em baixo de um couro de leão, com a juba a adornar seu pescoço, ele parecia vigoroso, forte e inspirava muito respeito ou medo, ou os dois ao mesmo tempo. Pele amarronzada e uma barba grande, negra e entrançada com alguns fios brancos que eram mais evidentes nos cabelos sob a coroa de ouro, prata, pedras e um leão em relevo na frente. Imponente, com os dois braços apoiados seu olhar preso a porta esperando por notícias, realmente estava inquieto. A porta abre:
- Meu Rei.
- Já não era sem tempo. – sua voz parecia com a de uma queda d’água, forte.
- Minhas condolências Rei Gordon, O Leão...
- Vá logo ao assunto homem!
- Na parte norte do reino os rebeldes foram contidos e presos, mas na parte sul houveram alguns problemas e tivemos que... – O Rei fez um barulho deixando a ar passar gronco pelo nariz, algo parecido com um rígido contido – o que fez com que o mensageiro ficasse nervoso e fosse direto ao ponto – Bem... Quase 200 dos nossos homens foram mortos por um exército de 12, sendo que esse exército antes era do mesmo tamanho do nosso, e nós estávamos com a vitória nas mãos quando do nada eles ficaram rápidos e ágeis e... – Rei Gordon golpeou com tanta força o trono que, mesmo sendo de ouro, pareceu ter sido atingido por uma marreta de chumbo. – Kairus está morto.
- Mas como? Quem...?
- Ainda não sabemos, mas temos olhos por todo o reino procurando pelas pessoas que sobreviveram desses 12 que estavam na batalha.
- Ache-os e decapite-os. – O Rei respirou. – Quer dizer, traga-os até mim, com certeza eles devem ter habilidades interessantes.

O Rei Leão

0 comentários:

Postar um comentário